28 de nov de 2016

Somali de 18 anos usou faca de talhante para atacar na universidade




DN, 28 de novembro de 2016. 



Autor do ataque na universidade de Ohio era somali e conduziu contra um grupo de transeuntes antes de os tentar atingir com arma branca

A polícia já identificou o suspeito do ataque que feriu pelo menos nove pessoas na universidade do estado de Ohio, nos EUA. Trata-se de um jovem de 18 anos, natural da Somália, que conduziu um automóvel contra um grupo de pessoas que circulava no passeio e saiu depois do carro para as atacar com uma faca de talhante.

Uma das vítimas está internada em estado grave. "Os ferimentos das vítimas incluem cortes, ferimentos causados por um veículo automóvel e outros que ainda estão a ser avaliados", disse à CNN fonte dos serviços de segurança.

As autoridades não quiseram inicialmente revelar o nome do suspeito, que residia na área onde ocorreu o ataque e tinha autorização para permanecer nos EUA. O automóvel que utilizou estava registado em nome de um familiar, adianta a CNN. Porém, a imprensa internacional revela que o jovem era Abdul Razak Ali Artan e que estaria no país na condição de refugiado. Estudava no campus de Columbus, da universidade de Ohio, e terá chegado aos EUA com a família em 2007. Antes de se estabelecer definitivamente nos EUA, há cerca de dois anos, Ali Artan ainda terá vivido no Paquistão.



"Ele puxou de uma faca grande e começou a perseguir as pessoas, a tentar atacá-las", contou à estação um estudante de 20 anos que testemunhou o ataque, inicialmente descrito como um tiroteio. "Por sorte, havia tanta gente que ele não conseguiu focar-se num alvo. Não vi ninguém ser esfaqueado, mas vi o agente da polícia abater o atacante. Esperou até estar toda a gente em segurança, e o atacante não tinha intenção de parar", garantiu Jacob Bower à CNN.
Nota: o que esperar da CNN após a cobertura das eleições e da morte de Fidel Castro, não é? 
Os investigadores estão agora a tentar determinar o motivo do ataque e se existe ligação ao extremismo islâmico.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário