10 de ago de 2017

Lésbica por trás do desenho animado da Disney está empurrando a agenda política LGBT para crianças em idade escolar

Doutora Brinquedos


LifeSiteNews, 09 de agosto de 2017 






Uma das criadoras de um desenho animado da Disney que promoveu o “casamento entre pessoas do mesmo sexo para crianças em idade escolar, admitiu que eles especificamente visam promover ideias políticas na série. 

Isso corrobora com as afirmações sobre a série Doc McStuffins [Doutora Brinquedos no Brasil] criada por Chris Nee, feitas em uma entrevista de 2012 com o AfterEllen.com. Ela disse que parte do que está fazendo com a série é ter certeza de que os personagens estão  se “aceitando”. 

A série gira em torno de uma menina de seis anos chamada Dottie "Doc" McStuffins que, um dia, decide que quer se tornar uma médica como a mãe. Ela finge ser uma médica, consertando brinquedos e bonecas.

Eu nunca fui aceita para escrever séries de TV voltada para crianças, mas fiquei surpresa com o fato de a Disney ter estado tão disposta e ansiosa para divulgar essa parte da minha vida e essa parte de quem eu sou”, disse ela. “Isso é progresso!”. 

Meu filho [Theo] tem duas mães e é uma grande parte da minha vida como ser humano e tem sido uma parte incrível do jeito que vejo o mundo e da maneira que vejo os personagens, e da maneira que eu quero criar personagens que são incrivelmente aceitos um pelo outro e tudo o que está acontecendo em suas vidas”, disse Nee.

É difícil saber exatamente até onde se pode ir, porque eles estão sempre mudando os programas infantis para TV”, disse Nee sobre um “casamento” entre pessoas do mesmo sexo que seria retratado na série. “Eu devo dizer que fiquei incrivelmente surpresa com o apoio da Disney no processo de marketing feito para esta série. Isso é uma mudança”. 

Nee continuou: “A Disney ficou feliz em comemorar quem eu sou e quem é a minha família, e quando falamos sobre o fato de que o meu filho foi a inspiração dessa série, e quando falamos sobre a minha família e a minha parceira Lisa, e o [Filho] Theo. Por isso, ponto para a Disney, pois nós sabemos que o mundo continua mudando”. [Para pior!]

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário