10 de jun de 2017

Erdogan manda prender presidente da Amnistia Internacional





SIC, 10 de junho de 2017. 



O Presidente turco Tayyip Erdogan mandou prender o presidente da Amnistia Internacional na Turquia. O responsável pela organização tinha sido detido na terça-feira pelas autoridades por suspeita de ligações ao movimento do clérigo Fethullah Gülen, e acabou por ficar em prisão preventiva ontem à noite.

Taner Kilic foi detido juntamente com outros 22 advogados, na região de Izmir, dos quais oito também já ficaram em prisão preventiva.

As autoridades turcas acusam o responsável da Amnistia na Turquia de pertencer a uma organização terrorista e de ter tido no telemóvel um serviço de mensagens criadas que foi criado especialmente para os apoiantes de Gullen.

A Amnistia Internacional rejeita as acusações e sublinha a repressão e as purgas levadas a cabo pelas autoridades turcas. 

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário