22 de fev de 2017

Síria:nova ronda de negociações começa amanhã sem "expectativas excessivas"



Euronews, 22 de fevereiro de 2017. 



Não se esperam avanços de envergadura nas negociações de paz para a Síria, que arrancam esta quinta-feira em Genebra. Quem o diz é o enviado especial da ONU.

Mas Staffan de Mistura espera que as delegações de Damasco e da oposição, possam aproveitar o “impulso positivo” do relançamento do diálogo na cidade suíça para chegar a um acordo.

Um bombista suicida britânico no Iraque ganhou uma compensação pela sua estadia em Guantánamo

A foto mostra o terrorista Britani sorridente dentro dum carro com fios


Reuters, 22 de fevereiro de 2017. 







Um bombista suicida do Estado Islâmico da Grã-Bretanha que se explodiu em um ataque às forças iraquianas, recebeu nesta semana uma indenização por sua detenção na prisão militar de Guantánamo, disseram as fontes de segurança ocidentais nesta quarta-feira. 

Os militares islâmicos [do Iraque] disseram que Abu-Zakariya al-Britani, um cidadão britânico que originalmente foi conhecido como Ronald Fiddler e depois mudou seu nome para Jamal Udeen al-Harith, detonou um carro-bomba em uma base do exército iraquiano no sudoeste de Mosul. 

Os militares também publicaram uma fotografia do bombista sorridente cercado por fios no assento do que parecia ser um carro em que ele se explodiu. 

Suécia – Malmo é uma das cidades mais perigosas da Europa Ocidental




Speisa, 21 de fevereiro de 2017. 



Malmo não é só a cidade mais perigosa da Escandinávia, é também a cidade mais violenta da Europa Ocidental, mostram estatísticas de força letal no mundo, que os jornais HD e Sydsvenskan obtiveram. O índice mede o número de homicídios por cem mil habitantes. 

As estatísticas são baseadas em onze assassinatos em Malmo em 2016. Dividida pela população da cidade, resulta em um “índice de assassinato” de 3,4, que de uma perspectiva sueca e nórdica é “um número muito alto”, escreve o Sydsvenskan

Violento motim em Estocolmo leva a investigação policial




DN, 21 de fevereiro de 2017. 



O bairro de Rinkeby foi palco de confrontos entre alguns locais e as autoridades

Um motim, que terminou em confrontos entre locais e autoridades, ocorreu no bairro de Rinkeby, perto de Estocolmo, na noite da passada segunda-feira,

Tudo terá começado, de acordo com a Associated Press, após a polícia ter detido uma pessoa por suspeita de tráfico de droga.

No seguimento da detenção, o bairro, predominantemente imigrante, revoltou-se contra as autoridades, originando-se um motim. Os polícias foram mesmo atacados por pessoas que estavam na área e lhes atiraram pedras.

Foram pilhadas lojas, carros foram incendiados, e alguns dos agressores tinham a cara tapada. A polícia terá disparado tiros de aviso e, inclusivamente, para a população que se revoltava, mas nenhum ferido há a registar oriundo dos disparos.

Um agente ficou ferido após ter sido atingido por pedras e um homem foi detido. De acordo com as autoridades, civis tentaram que os atacantes não pilhassem as lojas, mas foram agredidos.

Artigos recomendados: 



20 de fev de 2017

O Verdadeiro Preconceito do Ocidente: Rejeição aos Cristãos Perseguidos

Gatestone, 20 de fevereiro de 2017. 



Por Uzay Bulut



  • Lamentavelmente o Ocidente rejeitou a ideia de solidariedade para com os cristãos do Oriente Médio priorizando a diplomacia baseada em interesses petrolíferos e no conflito árabe-israelense. Assim sendo, os Estados Unidos, Grã-Bretanha e França têm ignorado as perseguições aos cristãos do Iraque, Líbano, Egito e Sudão, ao mesmo tempo em que correm para salvar os países muçulmanos ricos em petróleo como a Arábia Saudita e o Kuwait..." — Hannibal Travis, Professor de Direito, 2006.
  • Cristãos autóctones no Iraque e na Síria não só estão sendo expostos ao genocídio nas mãos do Estado Islâmico (ISIS) e de outros grupos islamitas, como também tiveram seus pedidos de imigração para os países ocidentais postos em segundo plano pela ONU, vergonhosamente, sem causar nenhuma surpresa.
  • Quando alguém levanta a questão dos países ocidentais, tendo em vista os migrantes muçulmanos da Síria e do Iraque sem a devida checagem no tocante aos vínculos jihadistas, ao mesmo tempo em que se deixa para trás as vítimas dos jihadistas, cristãs e yazidis, esse alguém é acusado de ser "intolerante" e "racista". Mas o verdadeiro preconceito está no abandono dos perseguidos e inofensivos cristãos e yazidis do Oriente Médio, principais vítimas do incessante genocídio na Síria e no Iraque.
  • O governo alemão também está rejeitando pedidos de asilo de refugiados cristãos, deportando-os injustamente, segundo um pastor alemão.
  • Quase um terço dos entrevistados disseram que o grosso da discriminação e violência vêm principalmente dos guardas dos alojamentos de descendência muçulmana.
  • Já está mais do que na hora de não só os EUA, mas todos os outros governos ocidentais finalmente enxergarem que os cristãos no Oriente Médio são uma extensão deles próprios.


Finalmente depois de anos de apatia e imobilismo, Washington está estendendo a mão amiga, deveras necessária, aos cristãos do Oriente Médio. O presidente dos EUA, Donald Trump anunciou recentemente que será dada prioridade aos cristãos perseguidos quando se tratar de aplicar o status de refugiado nos Estados Unidos.

Cristãos e yazidis estão sendo expostos ao genocídio nas mãos do ISIS e de outros grupos islâmicos, que estão empenhados em uma campanha de grandes proporções para escravizar as minorias não muçulmanas remanescentes e destruir o seu patrimônio cultural.

Bloqueio de zonas separatistas abala nova trégua no leste da Ucrânia




Euronews, 20 de fevereiro de 2017. 



O novo cessar-fogo no leste da Ucrânia entrou em vigor esta segunda-feira, sem registo de novos incidentes entre tropas ucranianas e milícias pró-russas.

Os separatistas afirmam, no entanto, que só vão retirar a artilharia pesada da zona desmilitarizada se a trégua for respeitada durante, pelo menos, 24 horas.

O cessar-fogo é uma condição essencial para que os dois campos possam discutir uma solução política para o conflito, nas próximas semanas, no quadro dos acordos de Minsk.

Espanha – mais de 350 imigrantes muçulmanos ilegais conseguem forçar passagem através da fronteira espanhola

Imigrantes muçulmanos celebrando a frouxidão do governo espanhol



The Local Es, 20 de fevereiro de 2017. 



Mais de 350 imigrantes invadiram a fronteira entre o Marrocos e a Espanha em Ceuta na segunda-feira, disseram as autoridades, dias depois de uma das maiores invasões chegar ao longo da fronteira em mais de uma década. 

Os jovens [invasores] imigrantes forçaram o seu caminho através do alto muro da fronteira no território espanhol da África do Norte, em êxtase, por terem finalmente cruzado para um estado [servil] da União Europeia. 

Alguns beijaram o chão e outros gritaram “Thank you lord”, [Obrigado Alá], e “Viva a España”, embora vários tivessem mãos e pés ensanguentados, bem como roupas rasgadas depois de passarem pela cerca. 

16 de fev de 2017

Quebec: A Crise do Ocidente

Gatestone, 16 de fevereiro de 2017





  • Quebec, assim como todo o Ocidente está enfrentando uma crise existencial, religiosa e demográfica.
  • A escalada de óbitos em Quebec está inequivocamente ligada aos apelos para o aumento da imigração. O primeiro-ministro do Canadá Justin Trudeau, que pôs um fim à campanha militar contra o Estado islâmico, simplesmente convidou migrantes muçulmanos a virem ao seu país.
  • A resistência ao dramático colapso do cristianismo em Quebec não requer necessariamente um novo abraço ao velho catolicismo, mas com certeza necessita de uma redescoberta racional sobre o que a democracia ocidental deveria ser. O que inclui a apreciação da identidade ocidental e dos valores judaico-cristãos - tudo o que o governo de Trudeau e grande parte da Europa, ao que tudo indica, se recusam a aceitar.


Bem-vindo a Quebec, com o seu sabor de uma antiga província francesa, com suas belas paisagens, onde as ruas levam o nome de santos católicos e onde um atirador acaba de assassinar seis pessoas em uma mesquita.

A violência pode ser a consequência de convulsões sociais, como no massacre na ilha de Utoya na Noruega em 2011, um país que se orgulhava ser ultrasecularizado, parte da "boa sociedade" global. Quebec também, assim como todo o Ocidente está enfrentando uma crise existencial, religiosa e demográfica.

Distúrbios de Paris mapeados: 20 zonas de exclusão localizadas à medida em que a violência se espalha pela França



Express UK, 16 de fevereiro de 2017. 






Os tumultos de Paris agora estão se espalhando pela França enquanto os vigilantes encenam batalhas com a polícia que transformou partes do país em zonas proibidas. 

E a polícia diz que duas semanas de distúrbios civis levaram agora a confrontos frenéticos em 20 distritos com milhões de libras em danos apenas em Paris

É preocupante que cerca de 60% dos envolvidos nas brigas de rua são crianças, diz a polícia. 

Além de crimes graves em pelo menos 16 subúrbios do norte de Paris, os confrontos se espalharam para Nantes, na região da Bretanha, Lille – capital da região de Nord-Pas-de Calais e Rouen, na Normandia, onde o padre católico, Jacques Hamel foi assassinado. Ele estava fazendo uma missa no altar no verão passado. 

14 de fev de 2017

EUA: Assessor da Casa Branca demite-se

Prólogo

Michael Flynn desde sempre tem ligações com a Rússia, indo até um jantar da RT, canal estatal de notícias russas, e até mesmo indo em festas de amigos russos com ligações com o governo de Moscou. Sua saída entristece muitos que ouviram o seu apelo rigoroso contra o Islã que, embora esteja certo [o apelo], não o torna melhor, exatamente por ser um apoiador do governo de Moscou, e defensor assíduo de seu líder - o que no fim é um contrassenso, visto que Moscou apoia o terrorismo por meio do Irã, vendendo-lhes armas, entre outras coisas. Flynn pode ser um motivo de tristeza para os que apenas compraram sua fala contra o Islã, e ignoraram o fato dele associar-se com um inimigo que sustenta a Jihad do Irã, mas é um alívio aos republicanos, que pensam na nação, e reconhecem o perigo da Rússia, ao contrário do executivo. 


Euronews, 14 de fevereiro de 2017.


Por Miguel Roque Dias.


Michael Flynn, o assessor da Casa Branca para a segurança nacional, demitiu-se esta madrugada.

Flynn tem estado sob cerrado ataque devido a conversas com o embaixador russo antes de tomar posse.

Na carta de demissão, Flynn afirma que “infelizmente, pelo ritmo dos acontecimentos, informei inadvertidamente e de forma incompleta ao vice-presidente, Mike Pence, e a outros sobre as minhas ligações com o embaixador russo”, em Washington, Sergey Kislyev.

13 de fev de 2017

Suécia – o Feminismo e a caminhada sueca da vergonha



Speisa, 13 de fevereiro de 2017. 



Vergonhoso”: O governo sueco está sendo ridicularizado em todo o mundo depois que a imagem de propaganda iraniana foi divulgada. 

Elas colocaram o véu, ficaram enfileiradas e deixaram-se voluntariamente ser fotografadas pelo órgão islâmico de propaganda do Irã o IIDO. Agora o “governo feminista” sueco está sendo ridicularizado em todo o mundo pelas imagens. Uma “caminhada da vergonha”, diz a ONU Watch. 

A Organização de Divulgação da Ideologia Islâmica (IIDO) por trás do que talvez sejam as imagens mais controversas do mundo. IIDO trabalha por contra própria na propagação da religião e cultura islâmica. As fotos foram tiradas pela agência Mehr de notícias estatal iraniana. 

9 de fev de 2017

Suécia – a Suécia obtém a sua primeira funerária LGBT certificada



Speisa, 09 de fevereiro de 2017. 



A primeira funerária com certificado LGBT da Suécia é agora um fato. Hoje, a funerária, com escritórios em Kungsbacka, recebeu uma certificação da RFSL em uma cerimônia, relata o Kungsbacka-Posten

É a Gillis Edman Funeral e Direito de Família, que se tornou a primeira funerária no país que é LGBT certificada pela RFSL.  

O que significa uma certificação LGBT? 

É a confirmação de que atingimos um certo nível de conhecimento sobre a igualdade e as críticas às normas e que temos um plano concreto para como vamos trabalhar na igualdade de tratamento das pessoas que encontramos no nosso trabalho diário”, diz a CEO da empresa, Anna Carin Timgren. 

Polícia alemã prende dois homens por preparar atentado



Euronews, 09 de fevereiro de 2017. 



Por Ricardo Figueira



Em Göttingen, no centro da Alemanha, dois alegados extremistas islâmicos foram detidos pela polícia, por suspeita de estarem a preparar um atentado. Os dois homens, um argelino de 27 anos e um nigeriano de 23 anos, pertenceriam ao meio salafista local. A suspeita de um ataque iminente levou a polícia a agir.


As forças da ordem não saíram dos apartamentos dos dois homens de mãos vazias: “No âmbito destas buscas, encontrámos armas de alarme que tinham sido modificadas para poderem disparar munições reais. Encontrámos também munições, bandeiras do grupo Estado Islâmico e um machete”, explica Uwe Luehrig, chefe da polícia de Göttingen.

Segundo a polícia, o meio islamita radical de Goettingen estava a ser investigado há vários meses. Apesar das fortes suspeitas de preparação de um atentado, as autoridades não disseram quando nem onde esse atentado seria cometido.

Artigos recomendados: 



8 de fev de 2017

Brexit: Câmara dos Comuns britânica autoriza Governo a negociar saída da UE




DN, 08 de fevereiro de 2017.



Autorização foi dada por 494 deputados, contra 122

A Câmara dos Comuns do Reino Unido autorizou hoje o Governo a iniciar as conversações para a saída da União Europeia, apesar do receio dos deputados da oposição que o faça de forma rudimentar.

A autorização foi dada por 494 deputados, contra 122, cuja votação foi mais um passo no caminho de saída dos britânicos do bloco europeu, o designado 'Brexit'.

Depois da aprovação de hoje, a proposta de lei vai seguir para a Câmara dos Lordes, que tem o poder de adiar, mas não invalidar, a legislação.

A votação realizou-se ao fim de três dias de debate, durante os quais os deputados pró-europeus tentaram fazer incluir disposições na proposta que garantisse ao parlamento um papel maior no processo de separação e estabelecesse limites à posição negocial do Governo com os outros 27 Estados europeus.

O Governo britânico quer fazer aprovar a legislação no parlamento até ao início de março e iniciar o processo negocial, que deve demorar dois anos, até 31 de março.

Artigos recomendados: 


Fonte:http://www.dn.pt/mundo/interior/brexit-camara-dos-comuns-britanica-autoriza-governo-a-negociar-saida-da-ue-5656876.html?utm_source=Push&utm_medium=Web

7 de fev de 2017

Deputados britânicos votarão acordo do Brexit antes do Parlamento Europeu



Euronews, 07 de fevereiro de 2017. 



Por Nelson Pereira



Os deputados britânicos serão consultados sobre os termos da saída do país da União Europeia antes de o acordo final ser votado no Parlamento Europeu, garantiu esta terça-feira a primeira-ministra britânica Theresa May.

Sobre as consequências do voto dos deputados sobre o acordo final, o secretário de Estado do Reino Unido para o “Brexit”, David Jones, deixou claro que a rejeição dos termos da saída da União Europeia pelo Parlamento não travará o Brexit.

Atentado contra Supremo Tribunal afegão mata 20 pessoas




Euronews, 07 de fevereiro de 2017. 



Por Ricardo Figueira



Um atentado à bomba em Cabul, no Afeganistão, fez pelo menos 20 mortos. Trata-se de um atentado suicida que visou o Supremo Tribunal do país.

O kamikaze avançou a pé e fez-se explodir no parque de estacionamento, à hora de saída dos funcionários. As vítimas trabalhavam todas para o tribunal. Há ainda cerca de 40 feridos a lamentar.

Tropas da NATO estacionadas na Lituânia




Euronews, 07 de fevereiro de 2017. 



Por Nara Madeira



O primeiro de quatro novos batalhões, com a bandeira da NATO, que vão reforçar a defesa da fronteira da Europa de Leste com a Rússia já está na Lituânia. Parte tinha já chegado na semana passada. Este contingente, que incluí efetivos de outros países, será liderado pela Alemanha.

Para a presidente do país o batalhão está “no lugar certo e à hora certa”, mas enquanto força de manutenção da paz:

A Lituânia nunca recebeu uma força militar amiga íntegra e desta envergadura. Isso envia uma mensagem clara e importante a todos: de que a NATO continua forte e unida”, frisou Dalis Grybauskaite.

5 de fev de 2017

Meninas Yazidi são Vendidas como Escravas Sexuais Enquanto Mulheres Marcham Contra Trump

Gatestone, 05 de fevereiro de 2017.






  • Meninas yazidi eram "vendidas" por míseros maços de cigarro.
  • "Algumas dessas mulheres e crianças foram obrigadas a assistir, bem diante de seus olhos, enquanto crianças de 7, 8 e 9 anos de idade derramavam sangue até a morte depois de serem estupradas inúmeras vezes por dia pelas milícias do ISIS. As milícias do ISIS queimaram muitas meninas yazidis, vivas, por elas se recusarem a se converter e casar com homens do ISIS. Por que? Porque não somos muçulmanas... − Mirza Ismail, presidente da Organização Internacional de Direitos Humanos Yazidi.
  • "É um genocídio contra as mulheres". — Zeynep Kaya Cavus, líder ativista alevita.
  • Lamentavelmente muitas das organizadoras e integrantes da Marcha das Mulheres em Washington optaram por ignorar as mulheres que estão sendo torturadas e exterminadas por terroristas islâmicos, optaram também por ignorar o que acontece em outras partes do mundo onde elas não podem frequentar uma escola nem sair de casa sem a permissão de um homem.
  • Se pelo menos essas mulheres se sentissem tão motivadas a protestar contra a escravidão, o estupro e a tortura de mulheres e crianças yazidis quanto estão em relação ao custo de absorventes femininos.

Em 21 de janeiro, alguns grupos de direitos das mulheres organizaram "Marchas das Mulheres" em diversas cidades dos Estados Unidos e ao redor do mundo. Os comícios em grande medida direcionados ao recém-empossado presidente norte-americano Donald Trump.

Havia inúmeras oradoras e participantes. A atriz Ashley Judd, que também tomava parte, leu um poema em Washington D.C. que questionava porque os "absorventes femininos são tributados enquanto o Viagra e o Rogaine não".

Os imigrantes são culpados pelos principais crimes graves na Suécia, alegam os policiais




Express UK, 05 de fevereiro de 2017. 






Um oficial da polícia da Suécia lançou um ataque fervilhante sobre a abordagem politicamente correta do país para a imigração conforme alegava que os imigrantes eram os culpados pelos principais crimes graves. 

O ex-chefe adjunto da divisão de crimes graves escreveu: “Estou tão cansado. O que eu estou escrevendo aqui não é politicamente correto. Mas eu não me importo. Nossos pensionistas estão de joelhos, as escolas são uma bagunça, a saúde e um inferno, a polícia está completamente destruída. Todo mundo sabe por que, mas ninguém ousa ou quer dizer o porquê.”. 

4 de fev de 2017

Ucrânia: ONU alerta que podemos estar à beira de uma "crise humana"



Euronews, 04 de fevereiro de 2017. 



Por Miguel Roque Dias



O escalar dos combates entre as forças ucranianas e os rebeldes separatistas pró-russos, no leste da Ucrânia pode originar uma “crise humana”.

A Organização das Nações Unidas estima que mais 3 milhões e 800 mil civis estejam em risco.


Aumenta tensão entre Irão e EUA



Euronews, 04 de fevereiro de 2017. 



Por Ricardo Figueira



Os Guardiães da Revolução iranianos começaram uma série de exercícios militares, numa altura em que o clima de tensão com os Estados Unidos subiu de tom.

Os guardiães da revolução, força militar ligada ao poder religioso do Irão, dizem querer estar preparados para todas as ameaças. Os Estados Unidos decidiram novas sanções ao país e o Secretário da Defesa qualificou o Irão de patrocinador do terrorismo: “O Irão é o maior patrocinador estatal de terrorismo em todo o mundo. É ponto adquirido que o Irão reconhece que o que está a fazer capta a atenção de muita gente e temos a responsabilidade, juntamente com os outros países que querem manter a estabilidade de sermos absolutamente firmes com o Irão, nesse sentido”, disse James Mattis.

2 de fev de 2017

Brexit consumado: Governo britânico pretende "Brexit" amigável: Irá a UE ser branda?




Euronews, 02 de fevereiro de 2017. 



Por Francisco Marques



O Governo britânico pretende uma saída da União Europeia (UE) com impacto superficial na relação comercial entre as duas entidades.

O executivo de Theresa May apresentou esta quinta-feira o “livro branco” sobre o “Brexit”, o processo de saída do bloco europeu decidido em referendo há sete meses e aprovado quarta-feira pela Câmara dos Comuns.


Húngria: Putin e Orban juntos no desafio às sanções da Europa




Euronews, 02 de fevereiro de 2017. 



Um forte vento de leste sopra em Budapeste. É desta forma que é interpretada por uma parte dos húngaros e também pelas elites europeias a visita de Vladimir Putin à Húngria. Viktor Orban, o primeiro-ministro, conhecido por posições contrárias a direção europeia, tem multiplicado as ações de aproximação ao vizinho russo.

“Viktor Orban começou a sua carreira ordenando a retirada das tropas do exército vermelho da Húngria. Agora, o governo deste mesmo homem inaugura uma estátua a essas mesmas tropas”, diz um húngaro, chocado com a enorme estátua inaugurada em memória dos soldados russos no centro de Budapeste.

1 de fev de 2017

Suspeito do grupo Estado Islâmico detido na Alemanha




Euronews, 01 de fevereiro de 2017. 



Suspeito de ter participado na planificação do atentado no museu Bardo na Tunísia.

Numa vasta ação, as autoridades alemãs detiveram um individuo que pertencerá ao autoproclamado Estado Islâmico.

1100 agentes policiais participaram na operação no estado alemão de Hesse. Foram levadas a cabo 54 rusgas. 16 pessoas entre os 16 e os 46 anos são visadas na investigação.

Suécia – novo aplicativo de celular alerta para zonas de exclusão suecas




Speisa, 01 de fevereiro de 2017. 



Com a ajuda de informações detalhadas a nível de rua, o recém-lançado serviço dinamarquês de vigilância do crime, Klriti, quer ajudar os usuários de celulares a evitar bairros perigosos na Suécia, de acordo com um comunicado de imprensa. 

Klriti é baseado em um algoritmo que avalia a segurança dos locais na Suécia. Os dados, com base em aproximadamente 170.000 relatórios de incidentes coletados da administração pública da polícia sueca, são analisados e atribuídos pontos de segurança, o que ajuda o usuário a avaliar o perfil de segurança de uma área. 

França: Fillon denuncia operação de "calúnia" no escândalo dos empregos fictícios




Euronews, 01 de fevereiro de 2017. 



Por Rodrigo Barbosa



As aspirações do candidato "conservador" François Fillon à presidência em França sofreram um novo contratempo, depois do jornal “Le Canard Enchaîné” revelar que os empregos supostamente fictícios desempenhados pela sua esposa lhe renderam mais de 900.000 euros brutos. Uma quantia que é quase o dobro de quando o escândalo foi revelado, na semana passada, e que levou à abertura de uma investigação.